Início > Páginas > Bola Doce

Bola Doce

bola-doce-mirandesa

Bola Doce Mirandesa é um doce genuíno e um dos ícones gastronómicos de Miranda do Douro, tradicionalmente associado à Páscoa. Não é um bolo muito doce, mas é maravilhosamente envolvente, sobressaindo o sabor intenso da canela.
Contrariamente à maioria dos folares de Páscoa, tão típicos em Portugal, a bola mirandesa é um doce húmido. A massa, igual à do pão, mas mais fina, é intercalada com camadas de açúcar e canela e o recheio também é feito em camadas. O seu aspeto tosco esconde uma massa surpreendentemente fofa e húmida, graças ao recheio de açúcar e canela.

Ingredientes:

  • 1 dl de azeite
  • 1,5 kg de massa de pão
  • 2 ovos
  • 300 g de açúcar
  • 4 gemas
  • 40 g de canela
  • 50 g de manteiga
  • 500 g de farinha
  • sal q.b.

Confeção:

À massa de pão (que poderá preparar em casa ou, para sempre mais simples, comprá-la numa padaria), junte os ovos e a mistura das duas gorduras derretidas em banho-maria, sem ferver. Bata com a ajuda de um pouco de farinha, de modo a ficar com uma consistência que permita ser estendida com o rolo.

Unte um tabuleiro e polvilhe-o com farinha.

 

 

Estenda uma folha de massa, polvilhando a mesa e o rolo, e forre com ela o fundo e os lados do tabuleiro. Esta camada não pode ficar com buracos, para evitar que o açúcar e a canela saiam.

Divida a canela em sete partes e o açúcar em oito. Polvilhe a massa com uma parte de açúcar e outra de canela. Estende-se nova camada, esta já muito fina, e coloca-se de modo a cobrir apenas o fundo (o açúcar e a canela).

Repita as operações de sobreposição perfazer sete camadas de massa. Quando colocar a última, una os bordos de modo a obter um cordão e feche bem, para a massa de dentro não transbordar.

Polvilhe com a oitava parte do açúcar e leve a cozer em forno quente (190º C aprox.), durante 25 a 30 minutos.

Referência: Doces Regionais