Monthly Archives: Maio 2013

Novidades no Portal

Os Contactos dos CaçarelhencesPara começar bem o fim de semana, mais novas funcionalidade no Portal de Caçarelhos. Na página principal do portal existem 3 novas funcionalidades no Portal.
Logo no topo é  visualizada a nuvem de Caçarelhences pelo mundo.

Ao fazer Click no Nome da Pessoa será aberta uma nova janela no seu email para  poder trocar um mail com essa pessoa.

Família Formariz

ano de portugal e brasilNo passado dia 21 de  Abril, Candida Formariz comentou o Artigo relativo ao Livro do Doutor Formariz. Esta Caçarelhence  saiu ainda muito jovem de Caçarelhos, tendo emigrado para o Brasil em 1961. Filha de Antonio Maria Formariz e Ana Rosa Pires, Irmã de Isabel da Conceição Formariz e prima do Doutor Formariz. Voltou a Portugal uma única só vez, em 1971. Mãe de três filhos e avó de 7 netos, o que a faz  viver no Brasil mas a saudade é grande pela aldeia onde nasceu e onde viveu a sua infância.

Caçarelhos aqui tão Perto

Caçarelhences pelo MundoEsta semana no Portal de Caçarelhos surgio uma nova categoria, “Caçarelhences pelo Mundo“. Tudo ideia de “Daniel Taddone”, descendente de gentes de Caçarelhos que se lembrou da ideia e a sugeriu ao nosso Portal. Existir um Sitio que falasse das Famílias de Caçarelhos.
Nesse sentido a pensar nas famílias de Caçarelhos pensou-se  em adoptar um espécie de rede social de forma a fazer realidade ao sonho deste nosso conterrâneo. 

Anquanto La Lhéngua Fur Cantada

Anquanto La Lhéngua Fur Cantada (João Botelho)O mais recente trabalho do realizador João Botelho, Anquanto La Lhéngua Fur Cantada, tem estreia marcada no PANORAMA – 7ª Mostra do Documentário Português, no dia 4 de Maio, às 21h, na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge.

O documentário, filmado em Miranda do Douro, aborda o mirandês e a música tradicional de Miranda do Douro, sendo descrito pelo realizador como “um pequeno musical sobre uma terra e uma gente verdadeiramente extraordinárias no extremo norte de Portugal. Enquanto a língua for cantada este povo não morre”.